MENU

Anterior

Posso deixar meu cachorro sozinho em casa?

Próxima

Próxima

Como fazer o cachorro parar de latir?

Próxima

01/06/2012 Comentários (14) Visualizações: 70685 Cachorros, Problemas De Comportamento

Cachorros agressivos

3037984.jpg
Você tem um adestrar cães agressivos? Por que o cachorro está mordendo e atacando as pessoas? O que fazer quando o seu cachorro é muito bravo com outras pessoas ou até mesmo com você? Quais as causas da agressividade mais comuns e como tratar esse problema de comportamento? Veja dicas de adestramento e entenda um pouco mais sobre cachorros agressivos. Um cachorro pode ser considerado agressivo caso ele apresente atitudes ameaçadoras direcionadas a outros seres vivos, isso inclui, rosnar, morder, etc. Agir agressivamente é natural para os cães e geralmente este comportamento possui uma causa bem clara.

Porque cães ficam agressivos?

A reação agressiva é instintiva dos cães. Existem diversas circunstâncias que podem causar agressão. O que os donos devem compreender é que cães utilizam a violência para certos tipos de interações sociais. Um cão é um animal que vive em bando, e no bando os cachorros tem posições hierárquicas diferentes. O líder do bando, ou chamado macho alfa, pode querer se impor sobre os outros e para isso pode utilizar agressividade. Obviamente há uma série de outras situações que podem causar agressividade, veja a seguir algumas delas.

Quais são as causas do comportamento agressivo em cães?

Existem diversas causas para agressividade canina, algumas delas são:

  • Causa médica: O exemplo mais comum é dor. Cães com dor podem reagir agressivamente quando se encosta-se no local da ferida.
  • Agressão entre machos: Ocorre quando dois cães briguam por liderança, para se impor.
  • Agressão por dominância: Os cães, assim como os lobos, apresentam uma estrutura de organização hierárquica. Isso quer dizer que há sempre um líder do bando. Às vezes o cachorro pode tentar utilizar a agressão para se impor como líder do bando. Este problema pode ocorrer quando os donos não conseguem mostrar ao cão que quem é o líder, ou seja, que quem manda, é o dono e não o cachorro.
  • Agressividade por medo: Cachorros com medo podem reagir agressivamente. Quando o cachorro se sente sem saída, leva um susto ou está recebendo castigo corporal severo ele pode reagir com violência.
  • Agressão por marcação de território: O cachorro protege aquilo que considera território do bando. Quando pessoas ou animais tentam entrar no território do cão, ele pode agir agressivamente para defendê-lo. Este tipo de agressão também pode ocorrer caso o cão perceba que alguém está ameaçando algum membro de sua família/bando, como o seu dono. Um exemplo de agressão territorial pode acontecer quando o cão responde agressivamente no momento em que você tenta se aproximar de sua comida.
  • Agressão maternal: Cadelas com filhotes podem ficar agressivas caso alguém se aproxime dos filhotes dela.
  • Agressão predatória: causada pelo instinto de caça do cachorro, direcionada para seres vivos que o cão considera como presa.

Como adestrar a agressividade de um cachorro?

Existem diversas maneiras de tratar a agressividade em cães. Existe um tratamento mais adequado para cada causa de agressividade, a solução mais adequada varia de caso para caso. Primeiro, leve seu cão ao veterinário. Se a causa da agressividade for médica, como dores, o veterinário poderá tentar identificar se algo físico está causando a agressividade do cachorro. Em caso positivo, trata-se a causa médica para que o cão deixe de ficar agressivo. Caso a agressividade do cão seja gerada por questões comportamentais não-médicas pode-se recorrer a técnicas de modificação de comportamento animal, junto com um especialista em comportamento de cachorros, que pode ou não ser um veterinário. Alguns veterinários podem querer recomendar medicamentos para ajudar no controle da agressividade. Exemplos destes medicamentos são antidepressivos, inibidores de serotonina, dentre outros. Outra solução que às vezes é utilizada é a castração do animal. Em certos casos ela pode resolver o problema. Em casos mais graves, pode ser muito difícil reeducar o cão, e os donos devem pensar na possibilidade de doar o cão. Esta é uma solução radical, mas que às vezes é necessária em casos onde a agressividade do cachorro esteja colocando a saúde da família em risco. A agressividade em cães é um problema grave e deve sempre ser tratada por profissionais qualificados. Nunca tente tratar deste problema sozinho, sempre procure orientações de veterinários.

O que você pode fazer enquanto o adestramento não chega

A maioria dos treinadores concorda que o dono do cachorro deve sempre se impor e se destacar como o “líder do bando”. O dono deve fazer valer a relação de subordinação que os cachorros compreendem, em hipótese alguma o cão deve acreditar que está hierarquicamente acima de seus donos. A primeira coisa a fazer é evitar colocar o cão nas situações em que ele se torna agressivo, esta é a técnica da “evitação”. Se, por exemplo, o seu cachorro fica violento quando você se aproxima dele enquanto ele está comendo, evite este tipo de aproximação. Exemplos de situações que devem ser evitadas são: aproximar o cão enquanto ele dorme, se alimenta ou esteja roendo seu ossinho, dentre outras. Evite também situações que assustem o cão. Evite bater no cão ou tentar reagir agressivamente quando ele ficar violento, isso pode só piorar as coisas. Deve-se considerar isolar o cão de pessoas de fora da família com quem ele não esteja acostumado. Não se deve deixar o cachorro interagir com crianças sem supervisão de adultos. As crianças devem receber orientação de como lidar com cachorros, deve ficar claro que não se deve chegar perto de cachorros enquanto eles estão se alimentando, por exemplo. Como medida provisória pode ser útil colocar uma focinheira no cachorro sempre que sair para passear, estiver com convidados em casa ou em outras situações de risco. Em alguns países, a lei obriga o uso da focinheira em locais públicos. No Brasil, por exemplo, algumas raças de cachorros devem passear na rua com focinheira obrigatoriamente. Mantenha o cachorro preso pela coleira mesmo quando está em casa, pode ajudar a prevenir possíveis acidentes. Por último, existem diversos produtos no mercado para ajudar a combater a agressividade em cães. Leia as dicas de produtos para acalmar animais da nossa blogueira, a médica veterinária Dra. Dani Valle! Lembre-se que você não deve tentar tratar o problema da agressividade do cachorro sozinho. Somente o seu veterinário de confiança pode receitar produtos para o seu animal e procure um adestrador competente. Esses são os profissionais que melhor pode lhe orientar para resolver o problema da agressividade do seu animal.

14 comentários para Cachorros agressivos

  1. fatima disse:

    meu cão as vezes fica agressivo principalmente com pessoas estranhas e crianças o que faço

  2. Seu cachorro está com ciúmes?Aysha Pet Shop Aysha Pet Shop disse:

    […] dos donos, que antes era somente delas. Em alguns casos, o comportamento da mãe pode até ser agressivo em relação aos filhotes por conta desse […]

  3. cristiane disse:

    ola boa noite, ganhei um bulldog frances ja veio adulto.Ele e muito desconfiado, e amo ele de paixão só que da uns rompantes nele.tenho que deixa-lo preso, pois d dia tem muito movimento onde moro, só solto a noite.E tipo ele comigo ainda não fez nada, mais já atacou algumas pessoas.Tenho medo ate de dar banho nele.Pois ao mesmo tempo q esta carinhoso da uns rompantes e ele ataca..Não sei mais o que fazer ate o veterinario tem medo dele..Se alguém puder me ajudar agradeço..bju

  4. verônica disse:

    Meu cachorrinho vai fazer 12 anos e de uns tempo pra cá ele está bravo, até mesmo me morde sem que eu faça nada, só quero ajudá-lo a subir quando ele me pede. os olhinhos dele estão meio branco, percebo que ele vive com medo
    do outro cachorro que vive rosnando pra ele,mas ele devia saber que sou eu e não me morder?porque ele está assim com este comportamento se só dou amor e proteção a ele?

  5. Raças de Cães para apartamento - DogStory disse:

    […] Daschund. Também conhecido como “salsichinha” o Daschund vive bem em espaços pequenos e ama os donos. Mas precisam ser treinados para não latir e também socializados para não se tornarem agressivos. […]

  6. sandra disse:

    Ola! tenho um boder collie que vai fazer dois anos mes q vem,ele costuma morder os membros da familia.Ele vive em contato com outros cachorros q temos e anoite fica dentro de casa. |Ele tem carinho, atençao, comida, brincadeiras etc, so q muitas vezes ate ao fazer um carinho nele somos mordidos, ele nao gosta de ser tocado. Ele ja foi castrado mas nao melhorou nada.Nao sei mais oq fazer. por favor me digam oq fazer. obrigada

  7. Gustavo disse:

    Olá,
    Estou passando por uma situação complicada em casa. Temos um Fila misto com Pastor que tem 08 anos; Ele já atacou duas crianças e um idoso, infelizmente. Tomamos todas as prevenções de deixar ele no fundo da casa para não escapar. Porém recentemente foi preciso mudar de casa, um local sem espaço para ele, que acredito ter piorado a situação.
    Conseguimos doar ele pra uma chácara grande com canil. Porém no meio da noite ele estourou a grade e matou outro cachorro de porte menor. A dona da chácara é claro, pediu para que buscássemos ele de volta pois nos finais tem crianças no local. Estou desesperado porque não quero sacrificar o animal e não sei como proceder. Alguém tem alguma ideia do que posso fazer?

  8. Emilia Sandei disse:

    Pessoal eu conheço um curso super barato que vende pela internet onde aprendemos uma infinidade de técnicas. Como por exemplo, como ensina-los a fazer suas necessidades nos lugares certos, como não destruir as coisas, pegar a bolinha, e a obedecer na hora do passeio, e muito mais. Vale a pena viu.
    Quem tiver interesse acesse o site http://bit.ly/ensinarcaes

  9. Amanda disse:

    Olá…Tenho uma cachorrinha chamada Maya, ela tem 5 meses e desde quando pegamos ela com 2 meses, ela é muito agressiva, é só ver pessoas que quer morder, ela é mistura de labrador com vira-lata, está crescendo rápido e é muito forte e sem mais nem menos, quer morder nossas mãos, já mordeu todos aqui em casa.O que devemos fazer?

  10. Vania disse:

    Meu cão é agressivo. Já mordeu alguns familiares . Não levo ele ao veterinário a 3 anos, portanto ele não é vacinado , examinado. Ele está muito gordo. Sinto que ele está cada vez mais cansado, devido a gordura. Até para dar banho, fica difícil. Tenho medo dele adoecer devido a falta de vacina. Por favor, alguém me ajude.

  11. kawany disse:

    Oi, tenho um cachorro pequeno muito agressivo, ele morde até seus donos! O que posso fazer?

  12. Fellipe Rinaldis disse:

    Opa Tudo bem?
    minha namorada tem um pastor alemao, ele é um amor com todos da familia dela, mas quando vou visita-la ele sempre tem q ficar preso porque ele quer me MATAR, hahaha, como posso fazer para me aproximar dele?

  13. […] Várias pessoas acham que as cadelas são melhores companhias por acreditar que elas são menos agressivas, mais calmas e mais limpas do que os machos. Por outro lado, os donos de cães machos não […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *