MENU

Anterior

Cachorros sabem quando você está mentindo, diz estudo

Próxima

Próxima

Por que o cachorro vira a cabeça quando você...

Próxima

26/02/2015 Comentários (18) Visualizações: 39857 Bio Florais, Cachorros, Curiosidades, Patrocinado, Projetos Especiais

Seu cachorro te enxerga como mãe?

Embora vários de nós chamamos os nossos cães de “filhos”, isso tem mais a ver com a maneira que nós enxergamos nossos animais do que como eles nos enxergam. Porém, uma descoberta recente mostra que os cachorros realmente agem de forma diferente quando estão perto de seus donos, sugerindo que eles também nos enxergam de forma especial.


Veja também: 

Estudos revelam mais um motivo para você chamar o seu cachorro de filho. 
Como saber se o seu cachorro te ama. 
A maioria das pessoas salvariam a vida do seu cachorro ao invés de uma pessoa desconhecida.
O seu cachorro te vê como uma fonte de comida ou uma fonte de amor?


O relacionamento entre donos e cachorros é similar ao relacionamento entre pais e filhos

O estudo se baseia na teoria de que cachorros e crianças compartilham o “efeito da base segura.”  A ideia por trás desse conceito é que a presença dos pais permitem que as crianças explorem e interajam com o seu ambiente, sabendo sempre que encontrarão uma base segura nos seus pais.  Dessa forma, a presença dos pais dá confiança às crianças e as incentivam a interagir com as coisas ao seu redor.Cachorros enxergam donos como "pais"

Para testar esse mesmo efeito em cachorros, os pesquisadores do Instituto de Pesquisa Vetmeduni Messerli, na Austria, criaram três condições diferentes: o dono ausente, o dono silencioso e o dono encorajador.   Na primeira situação, o cachorro não tinha a presença do seu dono, enquanto na segunda o dono estava presente porém não falava nada e na terceira, o dono encorajava com o seu cachorro.

Os cachorros na pesquisa foram dado um brinquedo inteligente e, ao resolvê-lo, recebiam uma recompensa.  O que o resultado da pesquisa mostrou é que os cachorros queriam interagir com o brinquedo muito mais quando os seus donos estavam presentes.  Interessantemente, não fazia muita diferença se o dono incentivava o cachorro ou se ele não falava nada.  A sua presença já tinha o grande efeito em como o cachorro interagia com o seu ambiente.  O cachorro sentia mais confiança para brincar e testar novas coisas quando o dono estava por perto.


Kong VermelhoBrinquedos inteligentes, como esse, além de serem divertidos podem ser utilizados para deixar o seu cachorro mais confiante em uma situação nova, como na sua caixa de transportes.


Sozinho ou com um desconhecido não faz diferença: é a presença do dono que é importante

Os pesquisadores decidiram ver se ter uma pessoa desconhecida no local iria incentivar os cachorros a interagirem com o brinquedo mais do que quando eles estavam sozinhos.  Para o cachorro, não fazia diferença se ele estava sozinho ou com uma pessoa desconhecida.  Somente a presença do dono o incentivava a interagir e resolver o desafio do brinquedo inteligente.

De alguma forma, o dono dá confiança para o cachorro interagir com o mundo.  Sendo assim, o dono serve como uma base segura para o cachorro, da mesma forma que a presença dos pais dá confiança para seus filhos explorarem as coisas ao seu redor.

Os autores do estudo concluem, “esse estudo fornece a primeira evidência da semelhança entre o “efeito base segura” encontrado nos relacionamento donos-cachorros e pais-filhos.”

O seu cachorro é mais confiante quando está junto com você?  Comente abaixo.

— Foto: Labrador Friends por Marvin Kuo / CC BY 2.0

Tags:

18 comentários para Seu cachorro te enxerga como mãe?

  1. Marcela disse:

    Com certeza, a minha fica insuportável!!! ela se sente protegida e ai resolve querer latir para as outras pessoas, morder, e olha que eu não fico paparicando! ela mal criada.

  2. maria disse:

    Meu cachorrinho é um maltês com quase dez anos.Eu sei que ele me ama,sabe dos meus sentimentos e quando não estou bem! Não sai do meu lado e sabe quando vou sair desde o momento que troco os sapatos (pelo som) ou passo perfume, já baixa as orelhinhas e se baixa …se estou arrumando uma sacola ou maleta para viajar ,ele entra dentro e não quer sair…já deixei de viajar por causa por várias vezes,não tive coragem de sair e deixá-lo…..

  3. Rubens disse:

    De fato, eu tenho 3 malteses. Quando eles sabem que eu estou próximo quando os liberto para andarem na rua, eles ficam muito mais a vontade para distanciarem-se, mas percebo que estão sempre atentos a minha presença.

  4. alessandra disse:

    Realmente, tenho uma Shih- Tzu de uma ano e meio, as vezes deixo ela na minha sogra para não ficar sozinha em casa enquanto trabalho e assim que passo lá para pegá-la ela corre pra casinha e pega qualquer brinquedo e começa a correr pela casa resmungando rsrsrsrsrs parece de fato que se sente mais segura com minha presença incrível. Amoooo esses bichinhos abençoados que nos trazem tanta alegria.

  5. Ilton disse:

    hahaha, adorei essa matéria.. meu cachorro me enxerga como um paizão! é só eu chegar do serviço, ele vem correndo.. eu amo! 😀

    • Alexandra Renata disse:

      Os meus me enxergam como mãe.
      rs

    • lazaro lazarento disse:

      que legal lindo !

      • Jimmy disse:

        Hi there,As our discussion this morning regarding a quote for my wedding day (22 February 2014),I was thinking a chrysler 300c limo and an additional sedan (as I have 6 Bridesmaids and eventually 6 groomsmen) For 4 hours – as recommended by Tony.And is the 22nd of Feb 2014 avlh?ableaTianks heapsCelina

      • OH MY WORD! You are such a rare talent. These are precious and that family shot is one in a million. You tackled the impossible task…TWO toddlers and a little girl! WHOA.

      • http://www./ disse:

        Do you are feeling like you wish to grow your personal training business, but you’re uncertain how to perform it? Do you want to take your small business to another location level, and you don’t recognize how? Then this article is in your case!

  6. Alexandra Renata disse:

    Meus dois cães são espertos, sabem até os horarios em que volto para casa, ficam me esperando no portão.
    São muito bonzinhos.
    E é uma verdade esse estudo, estão de parabens.
    Alex.

  7. Edites disse:

    Eu tenho uma poodle, enquanto estou no trabalho ela é inexistente mas, quando chego em casa, ela se transforma, a minha mae perde o dominio, é tipo, “sai fora vovó”.

  8. Silvana disse:

    Tenho dois vira latas, Julli e Thoby.
    Quando deixo os dois saírem para uma voltinha e não fico olhando , os dois voltam em dois minutos, mas se fico no portão eles se aventuram a ir mais longe, vão caminhando, cheirando e sempre olhando para ver se ainda estou no portão observando.
    Minha filha sempre diz que se eu morrer o Thoby morre também de tanto que é apegado em mim.
    quando saio para trabalhar ele me leva até o portão e espera quietinho até eu voltar, mas se saio para ir a outros lugares , fica chorando e uivando , dá para ouvir de longe kkkkk
    Amo esses meus filhos e sei que é reciproco

  9. thamires disse:

    O meu é sapeka o dia todo, todo dia com ou sem minha presença, nunca na face da terra meu cachorro me obedeçeu, ja perdi as contas de quantos sutiãs meu ele comeu, adora comer os travesseiros da minha mãe unica e exclusivamente os dela kkkkkkk perdi as contas de quantas vezes minha mãe o botou pra fora por conta disso, haaa se eu for conta todas travessuras que meu Scooby faz isso aki vai virar um livro e nao um comentario,resumindo o o amo demaiiiiis

  10. Maria Helena disse:

    O meu pinscher James é travesso demais, mas apenas quando está perto de mim. Ele sabe que a mãe deixa ele fazer todas as travessuras que quer, principalmente tentar pegar rolinhas e pardais, o que ele adora fazer, porém, raramente com algum sucesso. Brinca com seus bichinhos e ossinho com muita alegria, mas bastou eu anunciar que vou sair “e ele sabe, pois presta atenção em tudo que faço”, vai para a caminha e ali fica até eu voltar e começar tudo de novo. É muito bom, é muito gratificante ter um bichinho…

  11. Roselaine disse:

    Eles são as nossas crianças dentro de casa. Por isso, é tão gratificante pessoas idosas os terem por perto.

  12. Victoria disse:

    Deve ser por isso que eles não tiram os olhos da gente quando saímos de casa para passear com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *