MENU

Anterior

Temperamento da raça é igual ao do dono

Próxima

Próxima

O seu cão age diferente por você ser mulher?

Próxima

14/07/2013 Comentários (3) Visualizações: 12905 Bio Florais, Cachorros, Curiosidades, Projetos Especiais

Cães sentem inveja, culpa e vergonha

casal-cachorros-web.png

Donos que acreditam que o seu cachorro tem ciúmes do namorado(a), filho ou o novo animal que entrou em casa tem razão.

Estudos mostram que as emoções dos cachorros são extremamente complexas e, em vários casos, similares às dos humanos.  Aliás, as emoções dos cachorros são tão profundas que eles até sentem medo de serem substituídos quando um novo integrante entra na vida do dono.

Cachorros sentem inveja e medo de perder o seu espaço na vida do dono

O psicólogo da Universidade de Portsmouth, nos Estados Unidos, Dr. Paul Morris, confirma que em quase todos os casos de inveja quando o dono traz um namorado(a) para casa, o cachorro tenta se desfazer desse relacionamento nos primeiros dias do namoro. Isso por que até aquele momento, o cachorro era a única “pessoa” na vida do dono e agora, com a entrada de mais um integrante, ele fica com medo de perder o seu espaço e se recusa a dividir o dono com o seu parceiro.

Mesmo depois que o cachorro se acostuma com o dono e o seu parceiro, ele pode desenvolver o hábito de sempre deitar entre os dois, estabelecendo o seu posicionamento no grupo constantemente.  Esse comportamento, quando não corrigido, pode ter impactos sérios sobre o relacionamento.

Cães têm um senso interno de justiça

Os cachorros também têm uma noção de justiça, ou seja, de certo e errado.  Em um experimento, uma pessoa pede a dois cachorros diferentes (que estão um do lado do outro) para dar a pata. Um cachorro, quando dá a pata, recebe um petisco, enquanto o outro, ao fazer o mesmo comando, não recebe nada.  Depois que o segundo cachorro observa que ele não está sendo recompensado da mesma forma que o outro, ele pára de dar a pata e se recusa a olhar para o humano, virando a cabeça ao lado quando a pessoa conversa com ele.

Comportamentos como esses apontam para a habilidade que cães têm de se comparar com o outro e, a partir dessa comparação, determinar se eles estão sendo injustiçados.  A dor de não receber igual ao outro é forte suficiente para que o cachorro se remova da brincadeira e evite olhar para o humano.

As vezes, a cara de culpa dos cães é verdadeira

E não são somente essas emoções que os cães sentem.  Eles também sentem vergonha, inveja, culpa e empatia. Aliás, o cão ama tanto o seu dono, que alguns aspectos de sua personalidade são alterados por conta da influência da personalidade do dono.  Por exemplo, cachorros são mais agressivos durante o passeio quando caminham com pessoas mais sérias e tensas.

O relacionamento entre dono e cão é tão forte que cachorros entendem as emoções de seus donos e, em vários casos, assimilam o estado emocional deles.  Isso pode ser visto em casos em que o dono está triste, por exemplo.  Diversos cães, ao ver o seu dono nesse estado, também podem ficar com problemas emocionais.

Conforme cientistas olham mais cuidadosamente os comportamentos dos animais, eles descobrem a profundidade da comunicação e das emoções que os cães sentem.  Um simples bocejo  ou latido, por exemplo, remetem emoções que, agora conhecidas pela ciência abrem o mundo do cachorro para os seus humanos.

O seu cachorro já demonstrou algumas dessas características?  Compartilhe abaixo.

3 comentários para Cães sentem inveja, culpa e vergonha

  1. Seu cachorro está com ciúmes?Aysha Pet Shop Aysha Pet Shop disse:

    […] psicólogo da Universidade de Portsmouth, Dr. Paul Morris, ressalta que umcachorro sente ciúmes quando o dono traz um parceiro novo para a casa.  Tão profundo é esse sentimento, aliás, que o cachorro pode sentar entre as duas pessoas e […]

  2. Cachorros pessimistas podem ter ansiedade da separaçãoAysha Pet Shop Aysha Pet Shop disse:

    […] nós temos a tendência de achar que os nossos animais de estimação e outros animais têm emoções similares às nossas, mas não temos como saber isso de forma direta, por que as emoções são sentimentos privativos. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *