MENU

Anterior

Hamster vai à festa de aniversário de um ouriço

Próxima

Próxima

Cachorro tem medo de crianças

Próxima

09/09/2014 Comentários (0) Visualizações: 4892 Cachorros, Curiosidades, Quero um cachorro, Vale A Pena Ver

Cães vendidos online têm 20% chance de morte

cachorro-verdade-fabrica-web.jpgSaber de onde vêm o seu cão, sob quais condições ele nasceu e como foram seus primeiros dias e meses de vida é algo que todo dono de animal deveria se preocupar.

Os cuidados que ele teve nos seus primeiros suspiros de vida são muito importantes para o resto de sua vida. Tal importância é destacada ainda mais após a divulgação dos resultados de uma pesquisa feita pelo Kennel Club do Reino Unido.

Cada 1 em 3 cachorros foi comprado online

A pesquisa foi realizada a partir de um questionário respondido por 2.026 donos de cachorros e atesta que a quantidade de compras de animais feitas pela internet de criadores não-confiáveis, ou no mínimo não conhecidos, cresceu 13%, o que equivale a um salto de 1 em 5 para 1 em 3, respectivamente.

Dentre os meios mais fáceis de adquirir um cachorro estava o Facebook e o Twitter.  Jornais e petshops também eram meios comumente utilizados.  Não por acaso, esses lugares se de destacam como meios ideais para fábricas de cachorros se divulgarem e venderem os seus animais.

Fábricas de cachorros gostam de divulgar seus cães em redes sociais por diversos motivos

Dentre as razões que fábricas de cachorros escolhem esses meios de divulgação está o fato deles não terem que mostrar a situação precária em que os cães vivem, não precisarem apresentar a mãe dos filhotes para o futuro dono do cão e por conseguirem receber e se desfazer dos filhotes de forma rápida.

As condições nesses estabelecimentos, que geralmente envolvem grandes quantidades de animais mal alimentados em espaços sujos e pequenos, criam um ambiente perfeito para a disseminação de doenças e desenvolvimento de problemas comportamentais. Com isso, os animais que nascem nas fábricas de cachorros normalmente apresentam problemas sérios, não somente de saúde, mas também de comportamento.  Dos animais comprados, 17% morrem dentro de 6 meses após a compra e 12% necessitam de tratamento veterinário por longos períodos, se não durante sua vida inteira.

Por que você precisa saber a origem do animal

Animais criados em fábricas de cachorros sofrem terrivelmente e exibem problemas de saúde, de socialização e de comportamento.  Os pais dos filhotes vivem em condições sujas e desumanas e comumente sofrem de doença, fome, negligência e medo.

As cadelas são forçadas a procriar em todos os seus períodos férteis, ou cios, muitas vezes com os próprios pais, irmãos e primos. Isso contribui para criar linhagens e mais linhagens de cães com os mesmos problemas crônicos, uma vez que os cães com problemas nem sempre são separados para que não procriem, o que significaria menos cães procriando e, portanto, menos filhotes sendo “produzidos”. E a pior notícia é que essas fábricas de cães não são incomuns. Portanto, fique muito atento se você quer comprar um animal.

Tome todos as precauções necessárias e certifique-se que ele foi criado com todo carinho e cuidado necessário.  Conheça os pais do filhote e o local aonde ele foi criado. Comprar um animal criado nessas condições é apoiar a continuação e o lucro de fábricas de cachorros. Além disso, não deixe de considerar a adoção de animais.

Aonde você adquiriu o seu animal de estimação?  Comente abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *