MENU

Anterior

Como fazer o seu cachorro parar de destruir as...

Próxima

Próxima

Bio Florais ajuda no treinamento de cachorros

Próxima

14/07/2014 Comentários (2) Visualizações: 44555 Bio Florais, Cachorros, Problemas De Comportamento, Projetos Especiais

Como aplicar florais em gotas no seu cachorro

Para que os florais façam efeito no seu cachorro, além de trabalhar as causas do desequilíbrio emocional do cão,  é importante que você saiba como aplicar florais no seu cachorro. Para tanto, é fundamental manter uma rotina de horários e oferecer cada dose na quantidade certa para o seu cão.

A quantidade de florais que você vai dar para o animal depende da forma de aplicação e do porte do cão.  De modo geral, quando comprados, os florais já vêm instruções de dosagem do produto. Alguns florais, particularmente os utilizados para situações emergenciais, são mais concentrados do que os outros disponíveis e, por isso, devem ser utilizados de acordo com a orientação do fabricante. Apesar de haver pouca contra-indicação, além de seguir as instruções que se encontram no produto, você deve também consultar o seu veterinário.


Bio Florais: Adaptação a um novo larA Bio Florais oferece 22 tipos de florais para tratar os diversos problemas comportamentais e emocionais do seu animal de estimação.  Considere o floral ADAPTAÇÃO A UM NOVO LAR se for trazer um novo pet para casa.


4 métodos de aplicar florais no seu cachorro

Os florais podem ser tomados de diversas formas:

  1. Colocar diretamente na boca do animal.  Vários cachorros gostam do gosto do floral e tomarão diretamente do conta-gotas.  Nesse caso, há de se tomar cuidado com os cachorros mais estabanados que podem morder ou quebrar os conta-gotas.  Uma solução para os cachorros que curtem o gosto e querem comer o vidrinho, é colocar na colher e pedir para o cachorro lamber.
  2. Diluir na água do animal.  Esse método é bom quando o animal se recusa a tomar diretamente na boca, uma vez que é garantido que o animal vai ingerir a água.  Porém, garantir a dosagem é mais difícil e, várias vezes, a quantidade mínima de produto não é ingerida pelo animal, principalmente quando ele toma pouca água. Uma boa dica é diluir em um pouco de água, pois é provável que o animal tome todo o conteúdo e você terá um controle maior sobre a dosagem.
  3. Colocar na pele do animal.   Alguns lugares da pele do cachorro absorvem bem a mistura de florais. Colocar as gotas nas patinhas ou orelhas permite que parte da solução seja absorvida pela pele do cachorro.  Se preferir, você pode pingar algumas gotinhas na ponta do nariz do cachorro, aonde ele vai lamber.
  4. Colocar em um petisco.  Uma outra solução é pingar as gotinhas em um petisco e alimentar diretamente o seu cachorro.

Posso dar mais de uma solução de florais para o meu cachorro? 

De modo geral, é possível misturar diversos florais para lidar com um problema específico.  No caso dos florais vendidos já prontos, eles tendem a já incorporar de essências de 3 a 7 flores diferentes na sua mistura.

Embora misturar diversos florais em uma mistura não causa danos à saúde do animal, o ideal é não passar de sete florais por mistura.  Isso por que ter muitos florais diferentes trabalhando no animal pode reduzir o impacto de cada floral individualmente.

Como sempre, consulte o seu veterinário para saber qual a melhor opção para o seu animal de estimação.

Fontes:
Stefan Ball and Judy Ramsell Howard | Bach Flower Remedies for Animals
C.M. Barrett | Animals Have Feelings Too, Bach Flower Remedies for Cats and Dogs
Foto principal: Cherry Tree Flowers by Cristian Bortes / CC BY 2.0

2 comentários para Como aplicar florais em gotas no seu cachorro

  1. […] comportamento normal de cada espécie é diferente e deve ser tratado de forma diferente.  Até as formas de aplicar os Florais de Bach nos animais são diferentes, assim como a dosagem. Fique atento para escolher o tratamento ideal para o seu […]

  2. […] normal de cada espécie é diferente e deve ser tratado de forma diferente.  Até as formas de aplicar os Florais de Bach nos animais são diferentes, assim como a dosagem. Fique atento para escolher o tratamento ideal para o seu […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *