MENU

Anterior

Cachorro ou cadela: qual é melhor para você?

Próxima

Próxima

Como tirar cheiro de cachorro da sua casa

Próxima

17/06/2015 Comentários (20) Visualizações: 275371 Cachorros, Cuidados Básicos, Patrocinado, Problemas De Comportamento

8 dicas pra deixar o seu cachorro sozinho em casa

O cachorro é um animal sociável que pode apresentar problemas quando ele fica sozinho por longos períodos de tempo, podendo sofrer com solidão, medo, tédio e ansiedade da separação.

Cachorro fica sozinho em casa

Porém, as rotinas cada vez mais conturbadas e aterefadas dos donos comumente exigem que os cachorros fiquem sozinhos.  Com isso, o cachorro pode se sentir entediado ou mesmo estressado pela separação.

Assim, ele pode demonstrar os seus sentimentos com ações que nós consideramos problemáticas, tais como fazer xixi e cocô fora do lugar, roer móveis, revirar lixo, comer plantas, chorar, uivar ou latir incessantemente.

Confira as dicas abaixo para ajudar a tranquilizar o seu cachorro quando ele estiver sozinho em casa:

1. Não diga tchau e nem aceite recepções muito calorosas

Às vezes, acreditamos que estamos ajudando os nossos cães quando nos despedimos ou fazemos “festa” para eles quando chegamos em casa.  Em diversos casos, o nosso comportamento pode reforçar a ansiedade dos cães.  O ideal é tornar a separação e o reencontro hábitos normais e corriqueiros, nada de muito especial.

Se você tiver um cachorro em casa que é muito grudado em você e não aceita você sair de casa, considere distraí-lo com brinquedos inteligentes, como esse quebra-cabeça ou esse brinquedo recheado.

2. Acostume o cão a ficar calmo sozinho

É da essência do cachorro não gostar de ficar sozinho, mas esta pode ser uma prática adestrável. A ideia é ir acostumando o cão aos poucos com a sua saída. Saia de casa por alguns poucos minutos e não se distancie muito (se ele latir, você deve conseguir ouví-lo). Se o seu cão estiver esperneando, não volte até ele se acalmar.

A ideia é que ele aprenda a ficar calmo, sabendo que você sempre irá voltar.  Isso dito, durante o treinamento tente voltar para ele antes de ele se estressar.  Aumente gradativamente o tempo que você fica longe e volta – 1 min e volta, 5 min e volta, 10 min e volta, 15 min e assim por diante.  Esse treino ajudará o seu pet a ficar menos ansioso e compreenderá que você irá retornar.

3. Passeie com o seu cachorro antes de sair

Nada deixa o cão tão relaxado e feliz quanto uma boa caminhada. Assim o seu pet pode extravasar energias e até mesmo tirar um cochilo enquanto você estiver fora de casa.  Com menos energia para gastar, ele ficará mais calmo durante a sua ausência.

4. Deixe algo para o seu cachorro fazer 

Essa é uma das soluções mais bacanas e simples. Diversos donos reclamam que o cachorro destruiu algum objeto da casa, porém não deram nenhuma outra opção para o cachorro se distrair.  Ofereça opções interessantes para o seu cachorro explorar quando ele estiver sozinho em casa.

Brinquedos inteligentes e ossos recreativos são formas do seu cachorro se divertir quando estiver sozinho.  Além disso, os brinquedos inteligentes não precisam ser oferecidos somente quando não há ninguém, mesmo por que alguns nem são adequados para ser deixado com o cão sozinho, uma vez que tem peças pequenas. Muitos deles são em formato de quebra cabeça e, ao resolvê-lo o cão se cansa mentalmente e tende também a ficar mais relaxado quando fica sozinho.

Para te ajudar, demos uma pesquisada e encontramos algumas opções muito interessantes de brinquedos nesse sentido. Dê uma olhada nesses daqui ou nesses outros.

5. Ligue a televisão para o cachorro

Assim como no caso dos petiscos, o som deixa o cão mais relaxado na ausência do dono e diminuir a sua ansiedade de estar sozinho.  Como nós, os cachorros são sensíveis a sons e imagens.  Ao invés de colocar em um canal com bastante barulho e troca de imagens, coloque em programas mais calmos.  Deixar em um programa de natureza com música clássica, por exemplo, acalma o seu cachorro mais do que um filme de ação.

6. Deixe um objeto seu com o cachorro

Uma boa parte dos maus comportamentos dos cães é fruto da ansiedade pela separação com o seu dono. Neste caso, é interessante deixar algum objeto que tenha cheiro (por exemplo uma camiseta) seu em um ponto estratégico da casa. A ideia é que o animal fique mais tranquilo quando se deparar com o objeto.

7.  Considere florais para ajudar o seu cachorro a lidar com suas emoções

Florais ajudam os cachorros a lidarem com as suas emoções e, dessa forma, reduzem os maus comportamentos e danos que eles causam quando expressam essas emoções.  Um floral indicado para ansiedade da separação, por exemplo, é o Carência e Síndrome de Abandono, que ajuda o cachorro a lidar com suas emoções e insegurança quando ele fica sozinho.  Os florais abordam a parte emocional do seu cachorro e é uma boa opção para testar dado que a ansiedade da separação está relacionada às emoções de ficar sem o dono.

8.  Traga uma companhia para o seu cão

Muitos cães que sofrem, choram e uivam passando horas sozinhos em casa adorariam ter a companhia de outros animais em casa durante a sua ausência . Outros animais não irão te substituir, mas podem ajudar a amenizar a situação e tranquilizar o seu cão. No caso de outros cães, além da companhia, eles possibilitam brincadeiras e distração.

Além de outros cães, você pode considerar um gato ou até outros animais. Logicamente, para tomar essa decisão e garantir a segurança tanto do seu cão atual como do novo animal, você deve levar em conta a personalidade, a raça do seu cão e sua disponibilidade para proporcionar o devido treinamento na introdução de um novo animal. Converse com um especialista em comportamento canino para saber como introduzir um novo animal na família e com o seu veterinário para explorar as melhores possibilidades para o seu cachorro.

Consulte o seu veterinário para verificar a quantidade e quais tipos de petiscos são recomendáveis para o seu cão.


Leia também:

– Como seu animal se sente quando você está no trabalho

– 11 raças que não toleram ficar sozinhas

– O que considerar antes de escolher uma petsitter?

– Como ter um cachorro e um gato que se amam?


Seu cachorro sofre com ansiedade da separação?  O que você faz para ajudá-lo a lidar com as suas emoções?  Deixe os seus comentários abaixo.

Foto: Rosie princess dog.. por Wonderlane / CC BY 2.0

20 comentários para 8 dicas pra deixar o seu cachorro sozinho em casa

  1. Gerson disse:

    Obrigado pelas dicas!
    Vou seguir todas. Meu cão é novinho, 50 dias e fico com o coração apertado de sair as 9h e retornar as 22h com ele só em casa.

    só poderei passear no final de outubro, depois da última vacina.

    Será que ele irá se adaptar?

    Grato

    • julia disse:

      Eu acredito que essas dicas sejam pra pessoas que passam apenas um período fora de casa, entendo que muitas pessoas gostariam muito de ter um cachorro, mas acho que o melhor pro cão não é ficar sozinho o dia inteiro, geralmente as pessoas que trabalham muito, não tem cachorros, até porque, se você não for ficar com ele, pra quê ter um? Acho que se houvesse mais uma pessoa na casa, seria mais apropriado. É como ter um filho, você não deixaria seu filho pequeno sozinho o dia inteiro não é?

    • Thalita disse:

      Nossa, que dó do seu cão… e é bem provável que quando você chegue em casa, vá ajeitar uma coisa ou outra e já vá dormir… Acredito que com sua carga horária fora de casa, um cão não foi uma boa opção!

  2. Maria Carolina disse:

    Olá, estou tendo sérios problemas com a minha vizinhança, pois se eu e meu pai saímos e deixamos o Bidu sozinho ele começa a uivar e latir e isso esta gerando um grande desconforto com a vizinhança, até multa eu ja levei, nao sei se é porque me mudei para um apartamento menor e ele se sente muito preso e eu nao sou de sair muito com ele… Só sei que estou deixando de sair por conta disso, não quero ter que me desfazer dele, pois ja estamos juntos há 11 anos, queria mais dicas de como fazer pra deixa lo em casa sozinho, porque ano que vem começo minha faculdade e meu trabalho e ele terá que ficar só…

  3. MARTA disse:

    OLÁ BOA TARDE MEU NOME E MARTA, ESTOU VIVENDO SÉRIOS PROBLEMAS COM MEU CACHORRO, ELE TEM 1 ANO E MEIO, DUCK TODAS VEZES Q SAIO PARA TRABALHO ELE GRITA MUITO NÃO GOSTA DE FICA SOZINHO, APESAR Q TENHO OUTRA CACHORRINHA A MEL DA MESMA IDADE ELES CRESCERAM JUNTOS ,MAS MESMO QUANDO ESTOU EM CASA TEMPO TODO COMIGO ATÉ DORME NA MINHA CAMA OS DOIS , Q FAÇO RESOLVER ISSO PRECISO DE AJUDA URGENTE!! MAIS ÚNICO Q GRITA E DUCK!!

    • Victoria disse:

      Já montou uma caixa de brinquedos pra ele? Uma caixa com bolas, bonecos, garrafas pet, osso bem grande… Além disso, uma camiseta com seu cheiro também ajuda.

  4. Victoria disse:

    Eu digo “tchau” e meus cães ficam no mais absoluto silêncio, os vizinhos dizem que nem parece que tem cachorros na casa. Eles latem e fazem bagunça quando eu estou presente.

  5. Maria Helena disse:

    O meu cãozinho fica tranquilo, pois ensinei a ele desde que o trouxe para casa, a mostrar o calçado enquanto trocava de roupa e dizer “a mamãe vai sair, td bem?”, assim ele associou as palavras às coisas que vou fazendo, e vai para a caminha e fica aguardando minha volta, quietinho. Até hoje, depois de 6 anos, sempre repito as mesmas coisas e nunca deu problema. Às vezes, é questão de acostumar o animal ao que vai acontecer, desde bebê.

  6. Vinícius disse:

    Muito bacana as dicas. Bom eu já tinha estudado a respeito e já havia feito a maioria delas. Mas creio que ajudam. Porém meu caso é um pouco específico e gostaria de ver se alguém consegue me ajudar. Em outubro de 2015 eu comecei em uma obra e lá haviam 3 cachorros. Uma delas se apegou a mim e conversando com minha esposa decidimos levar ela pra casa. Na obra ela ficava solta no terreno o tempo todo, inclusive quando chovia e a noite. Ficou lá mais ou menos por 2 anos, era muito arisca e demorou muito a chegar perto do pessoal que trabalhava lá. Quando retomamos a obra em outubro ela já estava mais sociável. Vinha perto e tudo mais. Com o tempo ficou agarrada comigo e com o topografo. Estava tudo bem. Chegou o natal e levamos ela pra casa. Fomos direto no petshop e veterinário. Demos uma geral. Medicamos e estava tudo bem. Ela foi pra casa e estava aparentemente tudo bem, ela é quietinha e tranquila. Não dá trabalho nenhum e ainda atura as investidas incessantes do meu filho de 3 anos. No período de festas de fim de ano, minha esposa ficou em casa, ou seja, a cachorra tinha companhia constante, com eventuais ausências de poucas horas. Estava tudo normal. Mas após a virada do ano voltamos a trabalhar e ela teve que ficar sozinha em casa no período comercial. Ai que veio o problema. Ela fica estressada demais de ficar sozinha, começa a puxar tudo quanto é pano que esta na casa. Mordeu um móvel onde guardamos a coleira dela. Um caos. Eu corro com ela todo dia desde que ela foi lá pra casa, uma hora de manhã e uma hora a noite. Ela come mais ou menos nessas horas. Ela não come nenhum petisco, nem brinca com nenhum brinquedo, já tentei de tudo pra ver se tinha alguma coisa que ela iria gostar e nada. Deixei roupa minha na casa e nada também. Não sei se estou sendo muito ansioso e querendo resultados em apenas uma semana, mas estou nervoso com isso. Não quero ter que levar ela embora, mas não tenho como ficar pagando pelas coisas que ela estraga. Vou tentar o floral que muita gente falou, pois foi a única coisa que eu não tentei. Acho que é isso. Se alguém tiver alguma opinião por favor, sou todo ouvidos.

  7. sandra morgado disse:

    o cachorro dos vizinhos fica o dia todo sozinho de 8 as 16h e tem dias que de 8 as 20h. incomoda e muito…..late o dia todo, chora, bate na porta……eles não gostam de ser incomodados, mas não ligam a mínima para o que os vizinhos pesam…..largam o bichinho sozinho, ainda é filhote, incomodando os vizinhos e não estão nem aí…..

  8. Jéssica disse:

    Minha cadela Lunna não consegue ficar um segundo sem mim. É só eu sair por um minuto que ela ja começa a uivar. Adotamos um novo cãozinho para ver se ela não se sentia tão sozinha, mas eles resolveram se juntar pra chorar e uivar juntos. Nossa tentativa foi um fracasso e ainda por cima agora temos dois chorões. Já usamos a dica de sair e nao se despedir e voltar sem festinhas, mas não deu resultado. Usamos também o truque da latinha com feijões(chocalhamos sempre que eles ficam latindo). Mas nada adiantou. Demos brinquedos e nada. Eu ja não sei o que fazer, porque nem sempre posso levá-los comigo. Acho até que eles estão recebendo atenção demais e muito carinho e por isso eles não conseguem ficar sem nós. O Marley mesmo não me deixa nem ir ao banheiro, ele precisa entrar junto. Se alguém souber algo que eu possa fazer, por favor me ajudem, porque os vizinhos estão reclamando e eu jamais vou desfazer dos meu cães, eles são nossa alegria.

    • Renata disse:

      Jéssica, estou com o mesmo problema. Minha sorte é que li seu relato antes de pegar outro. Já chamei adestrador, o vet passou calmante, saio duas vezes por dia com ele, tem brinquedos, mas se fica sozinho late direto. Acabei de receber uma reclamação do vizinho. Fiquei chateada pq ele disse que todo dia e tal, o que é mentira pq quase não saio de casa, mas entendo que deve ser horrível um latido insistente, deve fazer a pessoa perder a paciência mesmo. Vou comprar uma focinheira, infelizmente. Ele já perdeu um dente roendo o portãozinho e sangrou as patas arranhando a porta. Tenho que prender num gancho com a coleira e uma guia pequena para não se machucar, mas o latido não para. Desesperador!!! Ele já tem 8 anos e cada dia está piorando mais.

  9. Zeh disse:

    olá, eu e minha esposa gostamos muito das dias, temos um Lhasa e ele esta com mais ou menos 85 dias, ele chora muito ao ficar sozinho, tanto que deixamos ele na sacada com o portão pra ele nao entrar dentro quando esta sozinho, mas ele nao gosta e chora muito, vem de uns dias pra cá, destruindo o tapete higiênico, ele tem varios brinquedos, mas no final sempre acaba comendo o algodao do tapete, oq devemos fazer para que ele pare de chorar ao ficar “preso” … obrigado!!

  10. Zeh disse:

    olá, eu e minha esposa gostamos muito das dicas, temos um Lhasa e ele esta com mais ou menos 85 dias, ele chora muito ao ficar sozinho, tanto que deixamos ele na sacada com o portão pra ele nao entrar dentro quando esta sozinho, mas ele nao gosta e chora muito, vem de uns dias pra cá, destruindo o tapete higiênico, ele tem varios brinquedos, mas no final sempre acaba comendo o algodao do tapete, oq devemos fazer para que ele pare de chorar ao ficar “preso” … obrigado!!

  11. Wallace disse:

    Vivo um problema grave, o cachorro do meu vizinho é acostumado a ficar dentro da casa deles quando eles estão e quando eles saem eles largam o cão no quintal, trancam a porta dos fundos e passam o dia fora e nós que sofremos com os latidos intermináveis. Que dicas podemos dar a eles?

  12. Cristiane disse:

    Tenho um cachorro da raça maltês, ele tem 13 anos.
    Gostaria de algumas dicas, pois meu cachorro late muito quando tem visita em casa, para chamar atenção late para alguns brinquedos ou late para a pessoa.
    Quando está comigo de vez em quando late para o brinquedo.
    Os vizinhos estão começando achar ruim por causa do latido.

    Obrigada.

  13. marlene radiezeviczh disse:

    minha visinha tem um cachorro porte grade deixa numa correnti amarrado ja dei correnti pra ela esticar maior ja dei arame de aço e ele arrebenta nao sei mais q faser tenho do dele amarrado pegando sol deu casinha ja fis de tudo nada da certo
    ajudo com alimentacao me falem algo ok faser

  14. Ana Gabriela disse:

    Ola gente, boa tarde.

    Tenho uma salsicha de 7 meses e toda vez que eu e meu namorado saímos e casa ela fica latindo o que acaba incomodando minha vizinha. Mas ela não fica por muito tempo latindo, vamos dizer que quando ela entende que não iremos voltar ela para, isso demora no máximo uns 10 minutos, porem minha vizinha e altamente difícil o que nos causa mais um desconforto por não querermos problemas e não sabermos o que fazer com nossa pequena Nina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *