MENU

Anterior

Alckmin sanciona lei que proibe teste em animais

Próxima

Próxima

Descubra por que esse cachorro vai à missa todos...

Próxima

24/01/2014 Comentários (0) Visualizações: 11371 Cachorros, Curiosidades, Quero um cachorro, Raças De Cachorros

Vantagens e desvantagens de cachorros híbridos

labradoodle.jpg

De uns anos para cá tem se tornado muito popular a criação de cachorros híbridos.  Estes híbridos são o resultado do cruzamento de duas ou mais raças e, quando elas são trabalhadas ao longo do tempo, podem resultar no surgimento de uma nova raça.

Atualmente é possível encontrar uma ampla variedade de híbridos, entre eles Labradoodle (cruzamento de Labrador com Poodle), Puggle (cruzamento de Pug com Beagle), Maltês Shih Tzu e muitos outros.

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, não basta apenas escolher duas raças de cachorro para produzir uma nova espécie. Essa é uma criação seletiva e manual, na qual são escolhidas as características que se deseja ter em um novo cachorro e que se transmitem pela genética.  Similarmente, é preciso testes para saber se tais particuliarides permitirão o surgimento de uma nova vida.

Híbrido de Lobo

Normalmente o surgimento de um cachorro híbrido se dá por conta de uma combinação genética, na qual mesclam as características peculiares e específicas de cada raça de cachorro.  No entanto, em muitos casos não é possível prever exatamente quais dessas características vão prevalecer. A ideia da criação de um cachorro híbrido é mesclar peculiaridades e aptidões de duas raças distintas em um animal só, embora a hereditariedade não funcione exatamente dessa maneira.

É possível, aliás, que as primeiras ninhadas de cães híbridos sejam até mais saudáveis que cachorros puro-sangue, uma vez que o conjunto de genes combinados pode tornar o cão mais resistente,  hipoalergênico, e mais desenvolvido em determinados fatores físicos. Por outro lado, com o tempo, os animais híbridos tendem a apresentar mais problemas de saúde do que os cães puro-sangue.

As desvantagens dos cães híbridos

Justamente por serem o resultado de um cruzamento manual e seletivo, os híbridos que podem mesclar as melhores características genéticas também podem herdar os problemas de saúde e particularidades das raças originárias. Isso ocorre principalmente por conta de probabilidades genéticas que aumentam as vulnerabilidades de cada raça.

Labradoodle

No longo prazo, cães híbridos costumam apresentar muito mais chances de desenvolver dificuldades respiratórias, displasia, epilepsia, infertilidade e câncer do que um cachorro de raça pura.

A genética trabalha de forma aleatória e, por isso, não há garantias de que um híbrido vai possuir o melhor de cada raça. Não importa exatamente qual o tipo de cruzamento, pois não há certeza de possuir uma nova raça mais inteligente ou saudável.

É importante ter em mente que qualquer tipo de alteração genética ou que vá em contraponto com a mãe natureza gera riscos e animais com problemas de saúde. Por isso, não é recomendável que donos cruzem cães de diferentes raças.  Donos que queiram adotar um híbrido devem procurar um especialista no cruzamento de diferentes raças, e ter em mente os prós e contras desse tipo de raça de cachorro.

Fotos: Rick Hogan via Flickr/ CC BY 2.0  | Katy Brady via Flickr / CC BY-SA 2.0  |  Brent Ozar via Flickr / CC BY-SA 2.0

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

i