MENU

Anterior

Você venderia o seu gato por 100 mil dólares?

Próxima

Próxima

Dentista para cachorro e gato: 8 motivos para não...

Próxima

10/11/2014 Comentários (4) Visualizações: 16315 Gatos, Problemas De Comportamento

Como fazer o seu gato parar de te arranhar?

Fazer um gato parar de arranhar você, suas visitas e as coisas pode ser um tarefa extenuante. Arranhar faz parte de quem os gatos são. Assim, eles interagem com o mundo e, mais importante, definem o seu espaço.

Mas, como isso faz parte de ter um gato, hoje em dia, há uma série de opções disponíveis no mercado, tanto de produtos como de serviços, a fim de te ajudar a lidar com esse hábito de nossos queridos felinos.

Entender o motivo por trás desse comportamento é um primeiro passo importante na busca de uma solução.
gatos-arranhando

Por que os gatos arranham as coisas?

Diferente do que muitos pensam, os gatos não arranham só para atacar, se defender ou deixar a manicure em dia.  A verdade é que, além disso, esse comportamento também pode ser fruto de uma tentativa de comunicação, brincadeiras, alívio de estresse, troca de garras velhas e, em alguns casos, até como demonstração de afeto.

Eles também usam as garras para lhes ajudar a alongar o corpo e, bastante frequentemente, marcar território. Acontece que por ali existem glândulas que produzem um hormônio com odor característico, responsável por deixar sua mensagem para outros gatos.

Então, o que fazer?

Se pergunte o que está levando o seu gato a ter esse comportamento. Se estivermos falando de um caso extremo, não hesite em buscar ajuda de um adestrador profissional competente (cuidado, tem muito picareta por aí!). Os gatos realmente podem machucar outras pessoas e animais.

Se ele está arranhando os móveis da sua casa, é possível que ele esteja marcando o território ou afiando as unhas. Nesse caso, uma saída interessante pode ser comprar um bom arranhador e brinquedos. Ao disponibilizar objetos próprios para que eles arranhem, você aumenta a probabilidade de que eles não busquem sofás, tapetes ou colchões para satisfazer esta necessidade natural de todo felino, doméstico ou não.

Outra coisa que cada vez mais se vê por aí, são as unhas postiças especialmente feitas para gatos. Feitas, de borracha, gel ou silicone, elas são uma espécie de capinha que você cola sobre as garras do animal e isola suas pontas afiadas. Assim, tanto protegem os móveis como as pessoas e os animais, em casos de agressividade. Essa é uma solução que às vezes é eficiente para lidar com as arranhadas, mas que nem sempre é bem aceita pelo animal.

É importante dizer que usar ela não faz com que os gatos percam sua vontade de aparar as unhas. Portanto, você precisará cortar as unhas do seu gato regularmente. Além do mais, ela não resolve esse comportamento que pode ser bastante desagradável, então vale pensar em tentar encontrar outras soluções complementares.

Se esse é um comportamento que está começando ou que não é tão intenso, algumas dicas legais podem te ajudar a resolver o problema.

gato-arranha.jpeg

1. Pegue o gato no colo da maneira correta

Alguns gatos arranham quando não querem ficar no colo dos seus donos.  Para evitar que isso aconteça, donos devem segurar o gato de forma que ele se sinta seguro e, ao mesmo tempo, livre para sair quando quiser. Vários gatos não gostam de ficar no colo quando ficam deitados no braço do dono ou quando são muito apertados.

Ao pegar o gato, donos devem oferecer suporte para as patas dianteiras, permitindo assim que o gato se equilibre em seus braços.  Com a outra mão, ofereça um suporte às patas fronteiras, sem apertar o gato. De modo geral, quanto mais lugares o corpo do gato estiverem tocando o seu corpo, mais confortável o gato ficará.  Respeite os limites do gato e solte-o quando ele pedir para sair.  A vontade de gatos que não gostam de ficar no colo também deve ser respeitada.

2. Dê espaço ao gato

Respeite a vontade do gato e deixe ele vir até você, ao invés de forçá-lo a ficar no seu colo.  Um gato que não quer ficar no colo do dono tem mais chances de usar as suas garras para se defender. Em alguns casos, gatos arranham donos assim que o dono chega perto, por associar a presença do dono ao ser importunado.

3. Incentive o seu gato a arranhar as coisas certas

Donos devem incentivar os seus gatos a arranhar as coisas certas.  Sendo assim, dar um arranhador e diversos brinquedos ao gato oferece a ele uma oportunidade de usar seus instintos nas coisas certas, reduzindo, assim, as chances de ele arranhar pessoas e móveis. Essa é uma boa solução para gatos que arranham as mãos dos donos para brincar.  Ao utilizar brinquedos na hora de interagir com seus gatos, donos podem ensinar os felinos que é muito mais divertido arranhar um brinquedo.

E, use a sua criatividade, você não precisa comprar objetos caríssimos para serem destruídos pelo seu gato. Caixas de papelão e pedaços de madeira, por exemplo, já podem render excelentes opções.

4. Deixe a sua casa confortável para o gato se locomover

Tente diminuir, ao máximo, o nível de estresse do seu gato, tornando a sua casa um ambiente confortável para ele. Deixe-o acessar lugares altos para descansar, sempre limpe a caixa de areia e nunca o deixe sem água e ração por perto.  Ofereça diversas oportunidades para o seu gato se exercitar dentro de casa. Quanto mais tranquilo o gato estiver, menor as chances de ele arranhar por estar irritado ou estressado.

5. Se os arranhões se intensificarem, procure profissionais

Se após muitas tentativas de resolver o problema o animal continuar arranhando as pessoas, analise a situação e busque a ajuda de profissionais.

Leve-o ao veterinário para se certificar de que sua saúde está em dia. O gato pode estar comunicando que não está bem e os arranhões podem servir como uma forma dele chamar a atenção de seus donos. Ao mesmo tempo, os arranhões também podem ser um problema de comportamento do animal. É o caso, por exemplo, de gatos que avançam de certa distância ou arranham as pessoas mesmo quando são pouco ou não são incomodados.

 Ah! Só para não deixar de comentar o óbvio…

Retirar as unhas do animal não é uma opção! Esse lembrete é por que, há alguns anos, houve uma enorme polêmica no país acerca da onicotomia, cirurgia de retirada permanente das garras do animal.

A prática, hoje proibida no Brasil, ainda é realizada clandestinamente e em legalmente em outros locais do mundo, mas trata-se de uma solução totalmente invasiva, permanente e desnecessária.

– Foto principal: Scratching my nails por Daisyree BakkerCC BY 2.0 ; Foto: 004 por Jennifer C.CC BY 2.0 

Foto: Splityarn via Flickr

loading...

4 comentários para Como fazer o seu gato parar de te arranhar?

  1. João disse:

    Muito bom post, os meus gatos arranham tudo… tenho de arranjar maneira de os fazer parar! li também este artigo:http://www.peritoanimal.com.br/por-que-meu-gato-arranha-os-moveis-3987.html, que também é bastante bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>