MENU

Anterior

Agressividade em filhotes de gatos

Próxima

Próxima

Escolhendo o sexo do gato: macho ou fêmea?

Próxima

01/06/2012 Comentários (2) Visualizações: 18313 Gatos, Quero um gato, Raças, Raças De Gatos

Dicas para quem quer comprar ou adotar um gato

filhote-de-gato-recem-nascido-na-mao.jpg

Antes de tudo, devemos lembrar que ter um gato se trata de uma vida, de forma que você deve se perguntar se está preparado para toda a responsabilidade que vem junto com esse novo integrante da família.

Quando compramos ou adotamos um gato devemos ter em mente que, junto com ele, estamos trazendo para perto mais um monte de outras coisas. Algumas muito boas e gratificantes, mas outras nem tanto. Ao se ter um gato é provável que algumas coisas vão mudar na sua casa e na sua vida, o que não necessariamente é algo ruim.

Além de ser um considerável investimento financeiro, ter um gato também significa encarar uma pequena mudança no cheiro da sua casa; significa que aquelas viagens programadas de última hora vão ficar mais difíceis de acontecer; significa que algumas vezes você vai ter que trocar uma soneca no sofá para levá-lo a um bom veterinário.

Mas esses são sacrifícios que muitas vezes valem a pena. Trazer um felino para dentro de casa é viver com uma outra vida pertinho; um novo ser para amar e ser amado. É criar um companheiro constante e um fiel amigo: alguém que com certeza estará ao seu lado nas horas difíceis e nas sextas-feiras à noite que você só quer relaxar; alguém que te escutará e viverá com suas manias, mas não vai reclamar de você nunca. Muito pela contrário.

Gato de raça ou vira-lata?

Uma vez decidido que você realmente quer ter um gato, você terá que escolher se prefere um gato de raça ou vira-lata. Ao se ter um gato de raça, você pode escolher determinadas características físicas que te agradam, como por exemplo os grandes Maine Coon. Além disso, algumas pessoas gostar de ter acesso ao histórico de saúde do filhote que estão trazendo para perto.

Entretanto, isso nem sempre é garantia de um gato saudável. Aliás, gatos vira-latas tendem a ficar menos doentes e a terem comportamentos menos extremo, os quais são observáveis em algumas raças. Além disso, ao adotar um gato você faz uma ótima ação para para reduzir o sério problema de superpopulação felina.

Se você decidir que quer um gato de raça

Estude um pouco as diferentes raças de gatos. Cada raça tem uma característica, elas diferem não só no tipo de pelagem e aparência física mas também no tipo de comportamento do gato.

Se você prefere adotar um gato

Geralmente, a adoção de gatos ocorre em feiras só para isso organizada por instituições ou pessoas que protegem esses animais. Além disso, não é incomum encontrar gatos para adoção entre amigos, amigos de amigos e quem não quer um gato, ou mais um dele. O Linkanimal sempre divulga e organiza eventos de adoção, principalmente em São Paulo. Acompanhe aqui as iniciativas.

Escolhendo o sexo do gato: gato macho ou fêmea?

Outra pergunta a ser respondida é se você prefere gato macho ou fêmea. É possível traçar vantagens e desvantagens associadas a cada um dos gêneros, ainda que não se pode dizer que necessariamente um é melhor do que o outro. Essa é uma decisão que há de ser estabelecida de acordo com as preferências de cada dono. Por exemplo, enquanto um macho não castrado tem mais chance de fugir, se perder e brigar, as gatas não esterilizadas ficam no cio de tempos em tempos. Ainda assim, cada gato possui um comportamento diferente e particular, sendo portanto, difícil generalizar características dependendo apenas do sexo do felino.

Castração de gatos

Uma pergunta comum entre as pessoas que acabam de trazer um gato para perto é a respeito da castração. Realmente, existem vantagens e desvantagens com relação a esse procedimento, então vale avaliar os prós e contras para tomar a decisão.

Gato de presente

Se o gatinho for um presente esperamos que não seja um presente surpresa! Só dê um gato de presente a alguém que realmente quer ter um gato e que sabe do trabalho e das responsabilidades que é ter um animal de estimação. Deve-se lembrar que existe um monte de gatos abandonados por aí e uma boa alternativa para você considerar pode ser a adoção de um gato ao invés da compra de um. Salve um gato órfão!

Gatos e crianças

Caso você tenha crianças em casa recomendamos que leia nosso artigo sobre felinos e crianças, ou, se for o caso, o artigo sobre gatos e bebês. Se por acaso você pretende dar um gato de presente para seus filhos ou para alguma criança, lembre-se que na prática será você que terá de limpar a caixa sanitária, escovar o pêlo do gato, dar banho dentre, levar o filhote de gato no veterinário dentre outros cuidados necessários para o bem estar felino! Crianças geralmente não terão a disciplina de realizar todos esses cuidados com o felino e o trabalho pode acabar sobrando pra você!

Avaliação básica do gato

Você deverá se preocupar com coisas como:

  • Vacinação do gato.
  • Alimentação do gato
  • Produtos que você terá de comprar para o animal.
  • Decidir se vai castrar/esterilizar seu felino.
  • Pode ser interessante escolher um filhote de gato, para treiná-lo e acostumá-lo com toda a família o mais cedo possível.
  • Lembre-se: adotar um gatinho é uma opção muito legal!!!

A decisão final

Resumindo a história, trazer um gatinho para perto, pode ser extremamente prazeroso. Mas devemos saber se realmente queremos ter um gato nesse momento específico da vida. Ele o acompanhará pelos próximos! Se você achar que é a hora, boa sorte com seu futuro amiguinho!

2 comentários para Dicas para quem quer comprar ou adotar um gato

  1. luciano disse:

    Quem compra animais é idiota.

  2. celso luiz disse:

    pretendo adotar uma gata ma eu queria uma novinha e castrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *