MENU

Anterior

Cão corre pela primeira vez com prótese de impressora...

Próxima

Próxima

Empresas amigas dos animais poderão receber selo

Próxima

19/12/2014 Comentários (2) Visualizações: 2608 Gatos, Notícias

Gato sobrevive um mês dentro de caixa

Que os gatos são seres incríveis todos nós já sabemos, mas esperar que um felino doméstico sobreviva ficando mais de um mês sem se alimentar e nem ver a luz do dia é demais até mesmo para os mais crédulos. Milagre ou não, foi exatamente isso que aconteceu com Mee Moowe, um gato que vivia nos Estados Unidos.

Enquanto se preparavam para mudar para o Havaí, a família do animal se deu conta de seu desaparecimento, mas ninguém imaginou que, na verdade, o gato havia sido empacotado junto com a mudança por acidente, sendo enviado para a nova residência mais de um mês depois.

Gato-sobrevivente

Mee Moowe estava em uma das caixas da mudança e foi descoberto quando sua dona ouviu um miado de dentro de uma delas exatamente 36 dias após a mudança. Com metade de seu peso habitual e apresentando dificuldades para se locomover, o gato foi encaminhado a um centro veterinário, onde ele recebeu tratamento para desidratação e desnutrição. Agora, o gato já voltou à sua rotina habitual ao lado de seus tutores.

Todos nós sabemos que acidentes acontecem, principalmente com esses seres que são alucinados por caixas de papelão. Mas vamos combinar que é absurdo a dona desse gato simplesmente empacotá-lo e nem perceber. Como é possível lacrar uma caixa sem perceber que há um gato dentro? Enfim, esse descrédito até poderia ser visto como maus tratos na realidade.

Vocês não acham?

Foto: Reprodução/ CBC.CA

2 comentários para Gato sobrevive um mês dentro de caixa

  1. Ane disse:

    Os seres humanos andam tão desfocados/ocupados, esquecendo até de seus filhotes que esquecer animais não é, infelizmente, novidade. Vide a quantidade de crianças que morrem nos EUA trancadas dentro de carros.

  2. Maria Helena disse:

    Se ela se preocupasse com ele realmente, jamais deixaria isso acontecer, pois no mínimo antes de mexer com as caixas já o colocaria num local apropriado, tendo em vista que gato é curioso por natureza e no meio da confusão certamente algo poderia acontecer. Foi pura negligência e desleixo. Deveria ser presa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *